O poder do futuro começa agora

“O passado nunca morre, o passado nunca passa”, disse William Faulkner, escritor americano e Prêmio Nobel de Literatura em 1949. De fato, o passado está presente na vida de todos nós e, para alguns, com grande intensidade.

Alguém já afirmou que a maioria das pessoas focaliza a sua vida muito mais no passado do que no futuro. Muitos gastam seu tempo cultivando memórias, outros se ocupam com assuntos não resolvidos, ou cultivam sentimentos negativos ligados a fatos que já se foram. O passado pode ser lembrado, mas sem dor.

Um estudo publicado em Review of General Psychology 2001. Vol. 5. No. 4, denominado Bad is Stronger Than Good (Ruim é Mais Forte do que Bom) conclui que, no cotidiano das pessoas, os acontecimentos ruins têm maior força do que as bons.

Segundo o estudo, as emoções mais desagradáveis têm maior influência do que as boas experiências e a informação de conteúdo negativo é processada mais profundamente do que aquilo que costumamos considerar bom.

Também as más impressões e os estereótipos negativos se formam mais rápidamente na mente e são mais resistentes do que os positivos.

Ao lidar com o coaching por muitos anos, tenho visto o quanto suas estratégias ajudam uma pessoa a tomar consciência das crenças associadas a esses registros negativos. E como, a partir daí, com a ajuda do coaching, a mente vai sendo liberada para enfocar o futuro e suas inúmeras possibilidades.

Quem convive comigo percebe quão pouco menciono o passado, a não ser como referência. Pois é a visão de futuro o que mais me motiva e impulsiona, com metas e propósitos a serem alcançados.

O Sistema Mastering Age, firmando sua base nos mais  modernos recursos do coaching e no que há de mais recente em pesquisa científica, permitirá que a pessoa, até mesmo a de idade mais avançada, conheça o seu potencial, renove a sua visão de futuro e descubra novos propósitos para uma vida melhor e mais longa.

“Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano,o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.” (1 Coríntios 2:9).

Advertisements

Comments are closed.

%d bloggers like this: